Ele se afogou em sentimentos

By Um Container - 15:30:00




Sempre estou ocupado, correndo contra o tempo sem olhar para traz e nem para os lados porque não tenho tempo pra isso. Acho que eu respiro porque é algo automático e não tenho que parar para fazer isso. Um garoto forte em uma via rápida. Não tenho tempo para o amor, não tem tempo para o ódio e sinceramente, acho que não tenho tempo pra pensar no tempo que não tenho. Faz sentido? Não há drama, não há jogos, só a vida correndo. Mesmo quando estou sozinho na minha casa, olho para meu celular e continua sem nenhuma mensagem. Nada de ligações, nada de novo. Não tenho tempo para me importar com isso e acabo agindo como se estivesse ocupado fazendo algo de interessante. Peço comida japonesa e sento na cama para assistir qualquer coisa que estiver passando na tv a cabo. Mais uma vez não tem nada de bom para ver e eu preciso me manter ocupado para não lembrar de você ou do que a gente foi uma vez. A comida está boa, mas não o suficiente para me fazer parar esses pensamentos e sentimentos que estão chegando com toda a força sem mesmo pedir licença.

Penso comigo mesmo "sou forte, não preciso disso". Me sirvo uma taça do melhor champanhe que tenho em meu bar porque eu mereço. Pra que me preocupar com sentimentos agora? Depois de tudo o que eu passei, mereço a melhor noite de todas que eu posso ter comigo mesmo. Eu sei que sou a melhor companhia que posso ter e que não vou me decepcionar. Os sentimentos continuam vindo, mas não dou o braço a torcer. Cansei da tv a cabo e vou direto para o Netflix para assistir a nova série que lançaram. Isso pode ocupar a minha mente. Estou com o coração partido, mas nada que uma taça de champanhe, comida japonesa e uma boa série para espantar esses pensamentos. Não é hora de acontecer isso, não é justo comigo meus sentimentos quererem me dominar e me trazer para a realidade que estou fugindo a tanto tempo. É como se meu sonho se tornasse um pesadelo.

Estou bem comigo mesmo. Sou bem sucedido e tenho tudo o que eu quero. Uma vida perfeita. Por que tenho que pensar nos sentimentos que eu tinha por alguém que quebrou meu coração? Quando eu me importava demais, sofria. Fui a pior versão de mim, a mais fraca. Aquela versão jamais chegaria onde estou hoje. Mas por que estou pensando nisso agora? Eu deveria estar prestando atenção na série. Nem toquei ainda na comida. Vou para a segunda taça, terceira, quarta. Já está acabando a garrafa, mas não me importo e continuo bebendo. Tá tudo escuro e já deve ter passado das 2hrs. 

Lá fora está silencioso demais para um mundo cheio de pessoas que não se importam com os corações que quebram ou com as pessoas que magoam. Meu celular continua sem nenhuma notificação, sem ninguém para quem eu possa ligar. Sento-me na cama pensando na vida e em tudo o que está acontecendo. Lembro agora de uma frase que eu dizia antigamente, antes de ter a minha melhor versão de mim "a dor precisa ser sentida". Fiquei tão ocupado com tudo na minha vida que eu não tive tempo para sentir, não deixei vir o que precisava me atingir. Ainda não sei o que fazer neste momento. Não quero chorar, mas sinto que eu preciso disso. O que eu devo fazer?

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Deixe o seu comentário, não esqueça do seu email e do seu blog!