Resenha Filme | Uma noite de Crime: Anarquia

08:00:00



resenha-filme-uma-noite-de-crime-anarquia-2014-blog-um-container

Fazia tempo que eu não trazia para vocês uma resenha de filme e como estamos programando para ter postagens todos os dias, resolvi que estava na hora de devolver esse quadro porque muitas pessoas me pediram. O filme escolhido foi "Uma noite de crime: Anarquia" que é o segundo filme da franquia. Mesmo sendo o segundo, não é preciso assistir o primeiro para entender, eles estão conectados, mas não de uma forma comum. Quando chegar ao fim da postagem, deixe seu comentário, ele é muito importante pra mim e faz com que eu saiba se você gostou da resenha ou não.

UMA NOITE DE CRIME: ANARQUIA
Data de lançamento: 4 de dezembro de 2014 (1h 43min)

resenha-filme-uma-noite-de-crime-anarquia-2014-blog-um-container

O filme se passa em um futuro próximo nos Estados Unidos da América onde algumas coisas estão bem diferentes de nossa atualidade. Não estou falando em tecnologia, mas em questão da sociedade. A taxa de crimes está muito menor do que muitas pessoas podem imaginar. Roubos e assaltos quase não acontecem, mas isso não é porque a sociedade está melhorando. O governo, ou como eles chamam no filme "os novos pais fundadores" resolveram que uma vez por ano, por 12 horas seguidas será possível cometer qualquer crime (de roubo a assassinato) e que as pessoas que cometerem esses crimes não serão punidas em nenhum momento, dede que cometam seus crimes dentro do horário estipulado pelos "pais fundadores". Tudo isso em acordo com a população que em troca ficaria boazinha durante 364 dias do ano esperando esse dia de expurgo anual pra liberar a raiva geral sem sofrer as consequências perante a lei. 

Temos como principais um casal que está tendo dificuldades com seu carro e está tentando achar onde se esconder; duas irmãs trancadas dentro de casa preocupadas com o que pode acontecer; e um cara desconhecido que pelo que aparenta quer aproveitar esta noite para cometer um crime. O filme começa acompanhando cada uma dessas pessoas e seus problemas nessa noite de crime. Muita coisa acontece muito rápido, então se você piscar por dois segundos, você perde parte do filme que pode ser muito importante. Seguindo o filme, depois que ele mostra as dificuldades de cada um dessas três "peças do filme" tem para se manterem a salvo, todos acabam se juntando em um mesmo momento quando Sergeant (personagem vivido por Frank Grillo) se vê lutando contra seus instintos para salvar Eva (interpretada por Carmen Ejogo) e sua filha que estão sendo atacadas de forma brutal por pessoas estranhas nessa noite de crime.

resenha-filme-uma-noite-de-crime-anarquia-2014-blog-um-container

No momento em que ele decide sair do carro para salvar mãe e filha, Shane (Zach Gilford) e Liz (Kiele Sanchez) encontram o carro dele e entram, e ficam abaixados no banco traseiro para fugir de um grupo de assassinos que estão perseguindo eles por horas. O filme sempre mantem um foco intrigante em nosso "assassino" que acaba abrindo mão várias vezes de seu jeito para conseguir salvar as pessoas que ele passou a proteger. Mostrando todo herói tem seu lado vilão e todo vilão tem seu lado herói. Depois disso teremos muitas armadilhas, tiro, mortes, sangue e muita tensão. Depois que o grupo se junta, são 4 pessoas que Sergeant se sente responsável por proteger e ele quer protege-las, mas também quer ir fazer o que planejou por um ano completo. Dividido entre esses sentimentos, vemos ele lutando contra si e contra todos para conseguir as duas coisas.

Você não descobrirá o que Sergeant quer fazer até o fim do filme e acho que isso acabou deixando ele ainda mais interessante. Você não tem certeza do que ele vai fazer, não tem a menor ideia do que ele pensa e planeja e muito menos o porque fará. Dentro de muita discussão, mentiras e medo ele e o grupo tentam achar abrigo para que consigam terminar a noite vivos. Não direi quem, mas entrego que um personagem importante do filme irá morrer no momento que você menos esperar. Não espere que o filme seja aquele clichê com um romance focado nos principais. Já temos ali um casal, uma mãe e filha e um desconhecido tentando sobreviver, se você procura um romance ou clichê, esqueça, esse filme não é para você.

resenha-filme-uma-noite-de-crime-anarquia-2014-blog-um-container

O filme não te deixa parar nem um minuto. Sempre que você acha que ele vai ser mais calmo, tem uma reviravolta atras de outra e tudo começa a piorar de novo. Em um momento eles estão sendo perseguidos por pessoas normais (ou não tão normais assim) que querem matar qualquer um e em algum tempo depois eles estão fugindo de um grupo estranho que não sabem o porque estão matando pessoas. Eles precisam sobreviver a essas 12 horas de terror e matança para que consigam no próximo ano fazer a mesma coisa.

As cenas do filme são muito melhores do que muitos filmes de terror ou suspense que eu já vi por ai, além disso ele faz com que você fique preso a ele e sinta a tensão que os personagens sentem. Ele fará você ter uma mistura de sentimentos em vários momentos, te confundindo sobre o que pensar de cada um deles. A qualidade do filme foi acima da esperada por mim já que eu tinha visto que ele custou apenas US$9 milhões (que é bem baixo para um filme que teve uma produção tão incrível). Não tenho o que reclamar das atuações de cada um deles, os personagens são incríveis e suas historias conseguem ser o mais real possível, o que faz com que a gente pense que pode ser além de um filme de ação, talvez um aviso para o futuro.

ASSISTA AO TRAILER



VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

2 comentários

  1. Que coincidência eu assisti esse filme ontem e esse tipo de filmes deixa-me ansiosa porque nunca sei o que vai acontecer a seguir porque está sempre acontecer coisas.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eu fiquei apaixonado por ele, mas fiquei tenso demais enquanto assistia. Não tenho mais unha de tanto roer de nervoso. Adorei que tenha assistido o filme e obrigado por ter vindo, venha me visitar mais vezes. Um grande beijo.

      Excluir

Deixe o seu comentário, não esqueça do seu email e do seu blog!