Resenha | Filme: Cidades de papel

By Um Container - 21:14:00

http://www.youtube.com/umcontainer

Eu gostaria de deixar aqui bem claro que eu li o livro antes e que a minha opinião é a respeito do filme em torno da historia do livro e eu posso adiantar aqui que é bem parecido um com o outro e provavelmente outras pessoas que leram também vão concordar com isso.

Claro que poderiam ter deixado o filme com o final original do livro, mas devemos perceber que é uma adaptação e devemos ficar felizes em ter a historia de uma forma muito parecida com o livro, e isso eu achei legal. É óbvio que nenhuma adaptação é 100% fiel à sua obra de origem. Nesse caso, alguns trechos do livro faltaram, enquanto outros tantos que não existiam foram colocados, mas nada que prejudicasse a trama.

O filme não é um romance então se você está aqui para saber a respeito de um filme de amor, paixão do tipo Nicholas Sparks, já pode sair da pagina, pois não é isso que o filme mostra, pois como mostra o gênero do mesmo, ele foi classificado como aventura e eu realmente concordo com isso pois nem quando eu li a historia eu associei ela com romance.

O filme foi baseado no livro de John Green (o mesmo que escreveu A culpa é das estrelas, O Teorema de Katherine, Will and Will) e foi lançado dia 9 de julho desse ano (2015) e tem aproximadamente 1h49 minutos de duração de muito mistério adolescente e aventura.


Cidades de papel conta a historia de Quentin Jacobsen que foi atuado pelo Nat Wolff e eu posso dizer que fiquei bem surpreso pela atuação dele porque eu realmente achei que não seria igual ao que eu imaginava, mas ele conseguiu superar as minhas expectativas.




Quentin acreditava que cada um tinha o seu pequeno milagre. O dele era Margo Roth Spiegelman que foi interpretada pela modelo e atriz Cara Delevigne (muitas pessoas estava reclamando falando que ela não atuou bem e que ela não tinha expressão, porém quem leu o livro sabe que ela fez exatamente o que a Margo do livro fez e faria). Realmente achei que faltou a parte bipolar dela e das explosões emocionais, mas fora isso eu achei boa a atuação.



Margo erá a garota que se mudou para a casa ao lado da dele quando ele era criança e com quem cresceu e de quem foi muito amigo durante a infância.

O filme segue mostrando Margo e Quentin andando de bicicleta e achando um homem morto encostado em uma arvore. Depois disso ela passou a querer investigar tudo sobre a vida desse desconhecido morto. O tempo passou e eles se afastaram, a amizade dos dois se tornou mais fria, porem posso dizer que é mais para o lado dela do que dele pois Quentin nunca esqueceu da infância e do que viveram. Margo se tornou intocável, inatingível, quase um mito, alimentando a imagem fantasiosa que o garoto tinha por ela, por quem sempre foi apaixonado.

Q (como era chamado pelos amigos) era o tipo de  adolescente perfeitinho. Aquele que nunca tinha matado aula, só tirava notas altas, sonhava em cursar medicina depois que terminasse o colégio e, aos 30 anos, queria casar e ter filhos. Seus planos pareciam estar bem encaminhados, já que ele evitava correr riscos. 

Certa noite, sua vida virou de pernas para o ar, quando Margo invadiu o seu quarto pela janela e pediu a ajuda para realizar uma missão com 9 coisas que ela tinha que fazer.

Tudo o que Q sempre quis é que Margo precisasse dele, que voltassem a ter aquela conexão que tinham quando eram crianças, por isso, mesmo que meio a contragosto, decidiu ajudá-la e, juntos, percorreram as ruas de Orlando, em plena madrugada, pregando peças em pessoas que ela precisava se vingar e se divertindo como Q nunca tinha antes. Ele ainda não sabia, mas as coisas nunca mais seriam iguais depois daquela noite.

Ele esperava que no dia seguinte tudo fosse diferente e que eles fossem ficar próximos mais uma vez, porém Margo não apareceu na escola nem no dia seguinte, nem no outro ou no outro. Ela havia desaparecido, sem avisar, sem se quer deixar uma pista. Ou deixou?
  


Margo sempre foi uma aficionada por mistérios, tanto que acabou se tornando um, já que Quentin se convenceu de que a garota havia deixado pistas para ele, e que ele deveria encontrá-la, e Q não sossegaria até conseguir.

E assim o filme segue com Q e seus amigos (Ben Starling e Radar) procurando por varias pistas que encontraram para ir em busca do amor da vida dele (se assim posso chamar). Posso dizer que eu fiquei apaixonado pelo filme e a historia não é nada comum. É uma coisa que pode acontecer com qualquer pessoa na vida de qualquer um a qualquer momento. Pode não ser igual, mas no mínimo parecido.

Depois de muitas pistas eles seguem uma longa viagem (Quentin, Lacey, Radar, Ben e Angela) em busca de Margo Roth Spielgeman e acredite, essa é uma das melhores partes do filme. Até onde você iria para encontrar o amor da sua vida? 

Quero lembrar que mesmo que eu esteja falando do tema de amor, o filme não é um romance, se foquem nisso. A importância de ir atrás de Margo é mais do que ir em busca de outra pessoa. Nessa aventura eles acabam descobrindo mais sobre eles mesmos, sabendo mais sobre a vida e os riscos que podem correr. Descobrem mais sobre o valor que devem dar uns aos outros, as amizades e descobrir o que devem e não dar importância.


Eu amei a química que Nat e Cara tiveram, pois não pareceu nada forçado e nem um pouco vulgarizado como vejo em muitos filmes adolescentes. Tem também a questão do final do filme que eu achei legal mesmo que (como eu disse lá no inicio) não tenha sido igual no livro. 

O filme tem varias cenas de humor também e uma das partes que eu mais gosto é quando eles estão dentro de um carro seguindo para Nova York. Não posso falar muito para não apresentar spoilers pra vocês, mas eu realmente acho que vale a pena assistir.



Espero que tenham gostado da resenha. Como eu sempre digo, não falo muito nelas para que não tenha spoilers pois ao contrario de mim, nem são todas as pessoas que gostam de spoilers. Quem já assistiu não esqueça de deixar sua opinião aqui embaixo relatando o que achou do filme e se já leu o livro, enfim, tudo o que vocês quiserem me falar eu vou amar saber.

Deixo aqui pra vocês também o trailer do filme pra deixar um gostinho de como ele é. Até a próxima postagem.

            
 

-------------------------      

Deixe seu comentário que eu vou amar ler, saber que esteve aqui e o que achou. Não esqueça de seguir o blog para receber as postagens em primeira mão.
 
Encontre-me:
Twitter/Instagram: @alefcaue


  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Deixe o seu comentário, não esqueça do seu email e do seu blog!