Se você me acompanha pelo blog ou pelas redes sociais sabe o quanto eu sou viciado no instagram....


Se você me acompanha pelo blog ou pelas redes sociais sabe o quanto eu sou viciado no instagram. Depois que comecei com o blog, o instagram se tornou algo incrível pra mim porque ele começou a crescer e as pessoas começaram a interagir mais, a querer sempre mais. Eu precisei parar de tirar qualquer foto e postar porque não estava legal, não estava me sentindo bem postando qualquer coisa. Tudo é feito com muito carinho, das fotos até as edições. É necessário muito tempo e muita inspiração e pra isso eu uso o próprio instagram e sempre estou em busca de novos perfis para conseguir me inspirar, para fazer com que eu consiga tirar boas fotos. Como eu sei que eu não sou o único louco por essa rede social e que muita gente procura fazer a mesma coisa que eu, resolvi trazer esses cinco perfis masculinos para se inspirar. Você é mulher? Não tem problema algum, também pode se inspirar neles pois são maravilhosos e eu sei que vai fazer a sua mente borbulhar com tantas ideias legais de fotos.

O mais triste é ver que esses perfis tem uma quantidade de seguidores menor do que eu acho que merecem. Eu sigo todos os perfis abaixo e se você achar cada conjunto maravilhoso de imagens, espere para ver o feed completo quando seguir cada um deles. É de se apaixonar. Todos os perfis dos instagrams trazem uma calma, uma serenidade, algo que parece te tocar e fazer com que não queira mais sair do perfil deles. Eu poderia falar a respeito de cada um, mas sinceramente? Não acho que seja necessário falar. As imagens dizem tudo o que eu precisaria dizer por si só.

kylekriegerhair


alfie_the_otter


yossib


dewald_buys


panpafel


Não esqueça de deixar seu comentário porque eu estou louco para saber se você consegue escolher um "melhor" e se já conhecia algum desses perfis. Me conta tudo e não me esconda nada. Cada um desses perfis foram escolhidos com muito amor e carinho para que vocês possam desfrutar ao máximo desses feeds. Espero que tenham gostado.

Siga o blog e receba tudo em primeira mão. 
Me leve com você 

 FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER | CANAL 

Eu não estou me aguentando de ansiedade para chegar logo o dia 27 porque é o dia em que eu vou p...


Eu não estou me aguentando de ansiedade para chegar logo o dia 27 porque é o dia em que eu vou para a bienal do livro em São Paulo. Já fui em 2014 e foi uma das melhores e piores experiencias que eu já tive em questão de viagem. Eu amei viajar porque estava em boas companhias, estava indo para um lugar que eu sempre quis conhecer, um grande evento que pela primeira vez deu certo de eu poder ir e todos os outros pontos positivos. Mas claro, tinha que ter pontos negativos e o pior deles foi o fato de não ter conseguido dormir e isso me deixou com um humor horrível que não me deixou aproveitar bem o evento, pelo menos não tão bem quanto eu deveria. Mas dessa vez eu coloquei em minha mente que será diferente e me preparei para essa viagem. Aqui estou eu criando um manual de sobrevivência para a bienal e se você quer ter total aproveitamento do evento e resolvi trazer pra vocês tudo o que eu acho que será necessário.

GARRAFA DE ÁGUA É NECESSÁRIO SIM

Quando eu fui para a bienal em 2014 eu acabei não levando uma garrafa de água e tive que comprar uma para poder ficar enchendo sempre. O melhor a fazer é levar uma garrafa para que possa sempre encher e ficar hidratado, ainda mais se você (assim como eu) não quer parar nenhum momento e quer passar em todos os standes. Use uma garrafa que caiba na sua bolsa para não precisar ficar carregando na mão.

8 HORAS DE SONO OU MAIS

Você precisa ter dormido muito bem antes de viajar (se não mora perto de onde vai ser) ou antes de chegar na bienal. A minha primeira experiencia foi horrível em partes porque eu sofro de ansiedade e acabei não conseguindo dormir a noite toda pensando na viagem e isso me custou caro em questão do meu humor e do meu cansaço.

MOCHILA OU MALA DE RODINHAS?

Levar uma mochila ou uma mala de rodinhas é uma questão de escolha, mas você precisa saber quantos livros mais ou menos pretende levar pra casa. Se você acha que vai levar pra casa poucos livros, uma mochila de costas parece o suficiente até você perceber que está carregando ela por horas e que suas costas, seus ombros e seu corpo pede para que não faça isso. Mas é claro que isso vai de cada um. Conheço pessoas que vão na bienal apenas para conhecer ou para visitar e não para carregar livros e sempre estão com mochila de costas. Como eu disse, é uma questão de escolha.

LISTA DE LIVROS SEPARADOS POR EDITORA

Acho que se você está indo na bienal para fazer compras, nada melhor do que levar uma lista de livros que deseja comprar. Mas não é apenas fazer uma lista com os nomes deles em ordem aleatória. Precisamos lembrar que a bienal é separada por standes, o que significa que são separadas por editoras. Você precisa fazer a sua lista e depois separar todos os livros da lista por editoras e isso vai fazer ficar mais fácil quando estiver no stande de cada editora.

ROUPAS E SAPATOS CONFORTÁVEIS

Como todos sabemos (ou quase todos) o lugar em que a bienal acontece é enorme e temos muito o que andar por lá, por isso nada de ir com sapatos desconfortáveis ou roupas que incomodam se passar muito tempo com elas. Quanto mais confortável a sua roupa e seus calçados forem, melhor será a sua experiencia na bienal.

SEJA RÁPIDO, MAS APROVEITE CADA MINUTO

O evento é muito grande e o espaço gigantesco. raramente você vai conseguir conhecer todos os standes e conseguir os autógrafos que quer. Você precisa se programar e cronometrar seu tempo no evento para poder aproveitar ao máximo do potencial de cada editora, de cada parte do evento.

LEVE SUA PRÓPRIA COMIDA

Sabemos que o evento tem área de alimentação, mas como todo bom evento grande, as coisas não serão baratas e qualquer uma das partes da área de alimentação terá uma fila muito grande que fará você perder um tempo que será crucial para aproveitar ao máximo. Se você levar vários lancinhos fica mais fácil de se alimentar a qualquer momento que precisar. Vale lembrar que é sempre bom comer coisas leves, pois você não vai parar nenhum minuto de andar e não quer que seu corpo comece a pedir por descanso para digerir coisas pesadas.

MARCADORES DE PAGINA

A todo momento você vai conseguir achar marcadores de pagina e não se sinta acanhado de pegar os que são de graça (ou de comprar os que você gostar). São muitos marcadores que serão distribuídos lá e quem ama livro sabe que marcadores de pagina nunca são demais.

LEVE CARREGADOR

Se você tiver carregadores portáteis para celular, leve. Isso vai ajudar muito na hora em que seu celular estiver ficando sem bateria. Caso não tenha nenhum carregador portátil, leve seu carregador comum. No evento serão disponibilizados vários pontos de energia para conseguir carregar, mas isso pode ser um pouco difícil de conseguir pois muita gente vai querer usar e provavelmente vão estar sempre ocupados.

NÃO SE PERCA E TENHA PLANO B

Se você não mora em São Paulo, trate de pegar o numero de todos que estão na viagem com você (até mesmo do motorista). Combinem um lugar para se encontrarem depois do evento para não ter nenhum problema de se perder e acabar tendo problemas para voltar para o ônibus ou van. Caso se perca (mesmo marcando um lugar para se encontrar) ligue para uma das pessoas que estão viajando com você para te auxiliar nisso.

Se você me encontrar na bienal do livro e me reconhecer, pare para me dar um "oi". Claro que é algo que pode não acontecer pois o evento é bem enorme mesmo, mas mesmo assim, se acontecer de me ver, me grite, pule, esperneie. Não deixe de me seguir nas redes sociais.

Siga o blog e receba tudo em primeira mão. 
Me leve com você.
 FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER | CANAL 

O que vai prevalecer na sua vida se você não guardar nada de bom para você e se doar a...

O que vai prevalecer na sua vida se você não guardar nada de bom para você e se doar ao máximo para outras pessoas que não farão o mesmo por você? Claro que devemos fazer as coisas sem pensar se as pessoas vão fazer o mesmo por nós, mas o assunto aqui não é esse, os fatos são outros. De nada adianta continuar seguindo a sua vida se dando o minimo para si mesmo sendo que pode se dar ao máximo assim como faz com as coisas para outras pessoas. Claro que as pessoas na sua vida podem ser muito importantes para você, mas devemos pensar que somos importantes para nós mesmos e que de nada adianta fazer para outras pessoas se não fazemos por nós. Muitas vezes nem percebemos que estamos nos deixando mais de lado, mas é preciso prestar mais atenção a cada passo que damos para que o mesmo não seja em falso e que não nos faça cair em, um poço sem fim de esquecimento.  É necessário amar mais, as pessoas, os animais, as coisas e a nós mesmos. É necessário sentir o que precisamos e o que nossos sentimentos querem sentir, o que querem nos mostrar. Nossos olhos muitas vezes não nos mostram o que devemos ver porque nos fazem ver apenas o que queremos e isso faz com que tudo acabe mais complicado. Mas se for ver o problema não é quando acaba e sim quando estamos em transição na vida. Se pararmos pra olhar em volta, vamos perceber que tudo está em constante movimento e que tudo muda a cada segundo ou mile segundo, não sei dizer. As vezes meus pensamentos se embaralham e eu não consigo mostrar o que eu quero de uma forma clara pra mim mesmo e para as pessoas em minha vida e tudo sai meio embaraçado. Meus pensamentos são mais aleatórios do que eu posso dizer ou tentar explicar. É como uma mistura de bebidas, me sinto assim, não bêbado, mas confuso e complicado.  Temos o poder de amar e de sentir, de dar a felicidade as pessoas e a nós mesmos. Mas e se pra sermos felizes precisamos dar a felicidade para alguém? Eu sei o quanto isso parece confuso, mas é só a mente de uma pessoa que está ouvindo uma musica boa e tentando entender a própria existência e o porque das coisas. muitas vezes eu faço isso, mas sempre é complicado e embaraçoso. Quase sempre chego no fim do pensamento e da musica sem nenhuma resposta, mas com uma grande carga de pensamentos que se misturam e que fazem com que eu retorne nisso cada vez mais. Se você pensa que eu retornarei nesse texto para ler ele mais tarde e revisar se tem palavras erradas ou frases sem sentido, acredite que eu não farei isso em nenhum momento. Mas eu continuo com o mesmo pensamento inicial e ainda quero saber onde a vida vai levar a pessoa que não se doa para ela mesma.  Tudo isso parece um monte de baboseira, mas se você estivesse ouvindo a musica que eu to agora e escrevendo qualquer coisa que vem na sua cabeça iria conseguir entender o que eu estou passando agora com essa batida gostosa e essa voz maravilhosa da Beyoncé em uma musica bem animada com uma xícara enorme de café que me faz querer levantar da cadeira para dançar sem lembrar do que se passou ou me preocupar com o que está para acontecer em minha vida ou o que aconteceu. Acredite, essas palavras são as mais sinceras de um pedido para que você seja uma pessoa melhor, não para o mundo e não para as pessoas, mas para você, porque é disso que você precisa: de você mesma(o). Aconselho você a comentar aqui pra saber se você realmente entendeu o que está acontecendo nesse texto e o que eu quis dizer com tudo isso, além disso, acho que vale a pena você pegar uma musica que nunca ouviu na vida e fazer a mesma coisa que eu estou fazendo e começar escrever sem pensar muito se vai fazer sentido, apenas escrever o que vem na sua mente.

O que vai prevalecer na sua vida se você não guardar nada de bom para você e se doar ao máximo para outras pessoas que não farão o mesmo por você? Claro que devemos fazer as coisas sem pensar se as pessoas vão fazer o mesmo por nós, mas o assunto aqui não é esse, os fatos são outros. De nada adianta continuar seguindo a sua vida se dando o minimo para si mesmo sendo que pode se dar ao máximo assim como faz com as coisas para outras pessoas. Claro que as pessoas na sua vida podem ser muito importantes para você, mas devemos pensar que somos importantes para nós mesmos e que de nada adianta fazer para outras pessoas se não fazemos por nós. Muitas vezes nem percebemos que estamos nos deixando mais de lado, mas é preciso prestar mais atenção a cada passo que damos para que o mesmo não seja em falso e que não nos faça cair em, um poço sem fim de esquecimento.

É necessário amar mais, as pessoas, os animais, as coisas e a nós mesmos. É necessário sentir o que precisamos e o que nossos sentimentos querem sentir, o que querem nos mostrar. Nossos olhos muitas vezes não nos mostram o que devemos ver porque nos fazem ver apenas o que queremos e isso faz com que tudo acabe mais complicado. Mas se for ver o problema não é quando acaba e sim quando estamos em transição na vida. Se pararmos pra olhar em volta, vamos perceber que tudo está em constante movimento e que tudo muda a cada segundo ou mile segundo, não sei dizer. As vezes meus pensamentos se embaralham e eu não consigo mostrar o que eu quero de uma forma clara pra mim mesmo e para as pessoas em minha vida e tudo sai meio embaraçado. Meus pensamentos são mais aleatórios do que eu posso dizer ou tentar explicar. É como uma mistura de bebidas, me sinto assim, não bêbado, mas confuso e complicado.

Temos o poder de amar e de sentir, de dar a felicidade as pessoas e a nós mesmos. Mas e se pra sermos felizes precisamos dar a felicidade para alguém? Eu sei o quanto isso parece confuso, mas é só a mente de uma pessoa que está ouvindo uma musica boa e tentando entender a própria existência e o porque das coisas. Muitas vezes eu faço isso, mas sempre é complicado e embaraçoso. Quase sempre chego no fim do pensamento e da musica sem nenhuma resposta, mas com uma grande carga de pensamentos que se misturam e que fazem com que eu retorne nisso cada vez mais. Se você pensa que eu retornarei nesse texto para ler ele mais tarde e revisar se tem palavras erradas ou frases sem sentido, acredite que eu não farei isso em nenhum momento. Mas eu continuo com o mesmo pensamento inicial e ainda quero saber onde a vida vai levar a pessoa que não se doa para ela mesma.

Tudo isso parece um monte de baboseira, mas se você estivesse ouvindo a musica que eu to agora e escrevendo qualquer coisa que vem na sua cabeça iria conseguir entender o que eu estou passando agora com essa batida gostosa e essa voz maravilhosa da Beyoncé em uma musica bem animada com uma xícara enorme de café que me faz querer levantar da cadeira para dançar sem lembrar do que se passou ou me preocupar com o que está para acontecer em minha vida ou o que aconteceu. Acredite, essas palavras são as mais sinceras de um pedido para que você seja uma pessoa melhor, não para o mundo e não para as pessoas, mas para você, porque é disso que você precisa: de você mesma(o). Aconselho você a comentar aqui pra saber se você realmente entendeu o que está acontecendo nesse texto e o que eu quis dizer com tudo isso, além disso, acho que vale a pena você pegar uma musica que nunca ouviu na vida e fazer a mesma coisa que eu estou fazendo e começar escrever sem pensar muito se vai fazer sentido, apenas escrever o que vem na sua mente.

Siga o blog e receba tudo em primeira mão. 
Me leve com você.
 FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER | CANAL 

Acho que já deu para perceber que eu sou uma pessoa louca por livros e que se eu pudesse leria...

Acho que já deu para perceber que eu sou uma pessoa louca por livros e que se eu pudesse leria um por dia. Eu sempre estou de olho nos lançamentos de livros que tem porque eu sempre quero comprar um livro novo para ler e coloco na minha lista de desejos os que eu mais me interesso. Quem é que não gosta de uma historia boa? Eu sou apaixonado por vários tipos de livros e pensando nisso vim trazer os lançamentos literários de agosto desse ano (2016) pra vocês, mas separei os que eu mais estava aguardando e que eu mais tenho vontade de ler. Todos os meses farei uma postagem assim pra trazer sempre as novidades literárias para vocês porque sei que muitos de vocês amam. Aproveitem a postagem e deixem comentários pra que eu saiba qual desses livros mais interessou vocês.

Acho que já deu para perceber que eu sou uma pessoa louca por livros e que se eu pudesse leria um por dia. Eu sempre estou de olho nos lançamentos de livros que tem porque eu sempre quero comprar um livro novo para ler e coloco na minha lista de desejos os que eu mais me interesso. Quem é que não gosta de uma historia boa? Eu sou apaixonado por vários tipos de livros e pensando nisso vim trazer os lançamentos literários de agosto desse ano (2016) pra vocês, mas separei os que eu mais estava aguardando e que eu mais tenho vontade de ler. Todos os meses farei uma postagem assim pra trazer sempre as novidades literárias para vocês porque sei que muitos de vocês amam. Aproveitem a postagem e deixem comentários pra que eu saiba qual desses livros mais interessou vocês.

Boa Noite - Pam Gonçalves  Alina quer deixar seu passado para trás. Boa aluna, boa filha, boa menina. Não que tudo isso seja ruim, mas também não faz dela a mais popular da escola. Agora, na universidade, ela quer finalmente ser legal, pertencer, começar de novo. O curso de Engenharia da Computação - em uma turma repleta de garotos que não acreditam que mulheres podem entender de números -, a vida em uma república e novos amigos parecem oferecer tudo que Alina quer. Ela só não contava que os desafios estariam muito além da sua vida social. Quando Alina decide deixar de vez o rótulo de nerd esquisitona para trás, tudo se complica. Além de festas, bebida e azaração, uma página de fofocas é criada na internet, e mensagens sobre abusos e drogas começam a pipocar. Alina não tinha como prever que seria tragada para o meio de tudo aquilo nem que teria a chance de fazer alguma diferença. De uma hora para outra, parece que o que ela mais quer é voltar para casa.  Jogos macabros (Rua do Medo #52) - R. L. Stine  Conhecido mundialmente por seus livros de terror e suspense, com centenas de milhões de exemplares vendidos, R. L. Stine desponta no cenário da ficção juvenil pela genialidade na criação de enredos sinistros. O“Stephen King da literatura juvenil” ficou famoso na década de 1990 com a aplaudida coleção Rua do Medo. Quase duas décadas depois do último volume, Stine atende aos pedidos dos leitores e lança o livro inédito Jogos macabros, publicado no Brasil pela Globo Alt. Tal como os outros títulos da coleção, a história se passa na velha cidade de Shadyside, nos EUA, conhecida por ser palco de acontecimentos misteriosos e aterrorizantes envolvendo os alunos da escola local. Todos na região conhecem a excêntrica e rica família Fear, e sabem também do passado terrível que os assombra. Apesar desses histórico nada promissor, Brendan Fear parece ser um garoto diferente de sua família. Gentil e simpático, o jovem vive rodeado de colegas e chama a atenção de Rachel Martin, uma garota simples, colega de classe dele.  Quando o aniversário de Brendan está prestes a chegar, ele começa a planejar uma comemoração um tanto diferente na isolada ilha do Medo, onde existe um casarão de veraneio pertencente à família Fear. Rachel é uma das convidadas para passar o final de semana no local sombrio e, contrariando os avisos dos amigos, decide ir. No caminho, coisas estranhas já começam a acontecer e, ao chegarem à mansão, Brendan dá as coordenadas para o início de um jogo que se revelará o mais mortal de todos. Repleto de reviravoltas, Jogos macabros mantém o leitor apreensivo da primeira à última página. Como todo bom enredo de R. L. Stine, a história dá espaço a fantasmas, assassinato, traição e romance, e marca, enfim, um retorno triunfal do autor à Rua do medo.  As memórias do livro - Geraldine Brooks  Inspirado em uma história real, As memórias do livro apresenta a trajetória de Hanna Heath, uma talentosa conservadora de livros que recebe a missão de restaurar e analisar a famosa Hagadá de Sarajevo, manuscrito resgatado após um bombardeio sérvio durante a guerra da Bósnia. A partir das pistas encontradas, a personagem desvenda uma série de enigmas fascinantes enquanto reconstrói as memórias do livro.  Contos e Poemas Góticos de Carlie Marie - Catia Mourão  “Em Contos e Poemas Góticos de Carlie Marie, a autora agracia o leitor com textos objetivos e surpreendentes. Seus vampiros, anjos e demônios, movidos por sentimentos intensos, são críveis, e evidenciam o quanto meros mortais vivem à borda das emoções, divididos entre a obscuridade e a luz.”. Halice FRS - autora de Guarde-me para Sempre, Teoria do Amor e da série Amor Imortal  Neste livro, Catia Mourão nos apresenta uma coletânea de textos, que vão de poesias góticas à contos de suspense e terror. Escritos originalmente em espanhol e recentemente traduzidos para o português, os textos refletem os sentimentos da vampira Carlie Marie, que posteriormente se tornou personagem central da saga Mais Além da Escuridão.

Boa Noite - Pam Gonçalves

Alina quer deixar seu passado para trás. Boa aluna, boa filha, boa menina. Não que tudo isso seja ruim, mas também não faz dela a mais popular da escola. Agora, na universidade, ela quer finalmente ser legal, pertencer, começar de novo. O curso de Engenharia da Computação - em uma turma repleta de garotos que não acreditam que mulheres podem entender de números -, a vida em uma república e novos amigos parecem oferecer tudo que Alina quer. Ela só não contava que os desafios estariam muito além da sua vida social. Quando Alina decide deixar de vez o rótulo de nerd esquisitona para trás, tudo se complica. Além de festas, bebida e azaração, uma página de fofocas é criada na internet, e mensagens sobre abusos e drogas começam a pipocar. Alina não tinha como prever que seria tragada para o meio de tudo aquilo nem que teria a chance de fazer alguma diferença. De uma hora para outra, parece que o que ela mais quer é voltar para casa.

Jogos macabros (Rua do Medo #52) - R. L. Stine

Conhecido mundialmente por seus livros de terror e suspense, com centenas de milhões de exemplares vendidos, R. L. Stine desponta no cenário da ficção juvenil pela genialidade na criação de enredos sinistros. O“Stephen King da literatura juvenil” ficou famoso na década de 1990 com a aplaudida coleção Rua do Medo. Quase duas décadas depois do último volume, Stine atende aos pedidos dos leitores e lança o livro inédito Jogos macabros, publicado no Brasil pela Globo Alt. Tal como os outros títulos da coleção, a história se passa na velha cidade de Shadyside, nos EUA, conhecida por ser palco de acontecimentos misteriosos e aterrorizantes envolvendo os alunos da escola local. Todos na região conhecem a excêntrica e rica família Fear, e sabem também do passado terrível que os assombra. Apesar desses histórico nada promissor, Brendan Fear parece ser um garoto diferente de sua família. Gentil e simpático, o jovem vive rodeado de colegas e chama a atenção de Rachel Martin, uma garota simples, colega de classe dele.

Quando o aniversário de Brendan está prestes a chegar, ele começa a planejar uma comemoração um tanto diferente na isolada ilha do Medo, onde existe um casarão de veraneio pertencente à família Fear. Rachel é uma das convidadas para passar o final de semana no local sombrio e, contrariando os avisos dos amigos, decide ir. No caminho, coisas estranhas já começam a acontecer e, ao chegarem à mansão, Brendan dá as coordenadas para o início de um jogo que se revelará o mais mortal de todos. Repleto de reviravoltas, Jogos macabros mantém o leitor apreensivo da primeira à última página. Como todo bom enredo de R. L. Stine, a história dá espaço a fantasmas, assassinato, traição e romance, e marca, enfim, um retorno triunfal do autor à Rua do medo.

As memórias do livro - Geraldine Brooks

Inspirado em uma história real, As memórias do livro apresenta a trajetória de Hanna Heath, uma talentosa conservadora de livros que recebe a missão de restaurar e analisar a famosa Hagadá de Sarajevo, manuscrito resgatado após um bombardeio sérvio durante a guerra da Bósnia. A partir das pistas encontradas, a personagem desvenda uma série de enigmas fascinantes enquanto reconstrói as memórias do livro.

Contos e Poemas Góticos de Carlie Marie - Catia Mourão

“Em Contos e Poemas Góticos de Carlie Marie, a autora agracia o leitor com textos objetivos e surpreendentes. Seus vampiros, anjos e demônios, movidos por sentimentos intensos, são críveis, e evidenciam o quanto meros mortais vivem à borda das emoções, divididos entre a obscuridade e a luz.”. Halice FRS - autora de Guarde-me para Sempre, Teoria do Amor e da série Amor Imortal

Neste livro, Catia Mourão nos apresenta uma coletânea de textos, que vão de poesias góticas à contos de suspense e terror. Escritos originalmente em espanhol e recentemente traduzidos para o português, os textos refletem os sentimentos da vampira Carlie Marie, que posteriormente se tornou personagem central da saga Mais Além da Escuridão.

Pensei que Fosse Verdade - Huntley Fitzpatrick  Um passado a ser esquecido. Um presente nada promissor. Um futuro a ser conquistado. A ilha de Seashell, onde passei minha vida inteira, é tudo isso e muito mais. No entanto, a única coisa que eu quero é ir embora daqui. Gwen Castle nunca quis tanto dizer adeus à sua ilha natal quanto agora: o verão em que o Maior Erro da Sua Vida, Cassidy Somers, aceita um emprego lá como faz-tudo. Ele é um garoto rico da cidade grande, e ela é filha de uma faxineira que trabalha para os veranistas da ilha. Gwen tem medo de que esse também venha a ser o seu destino, mas, justamente quando parece que ela nunca vai conseguir escapar do que aconteceu – ou da ilha –, o passado explode no presente, redefinindo os limites de sua vida. Emoções correm soltas e histórias secretas se desenrolam, enquanto Gwen passa um lindo e agitado verão lutando para conciliar o que pensou que fosse verdade – sobre o lugar onde vive, as pessoas que ama, e até ela mesma – com o que de fato é.  A Outra Casa (Spilling #6) - Sophie Hannah  Autora de A vítima perfeita, lançado pela Rocco na FLIP 2015, e escolhida pelos herdeiros de Agatha Christie para dar vida nova ao célebre detetive Hercule Poirot, a inglesa Sophie Hannah constrói, em A outra casa, uma trama sofisticada em que o suspense é apenas um dos elementos da narrativa. Na história, os detetives Simon Waterhouse e Charlie Zailer são obrigados a interromper sua lua de mel para atuar num caso sombrio envolvendo o casal Connie e Kit Bokskill e um corpo de mulher revelado em circunstâncias inusitadas, quando Connie resolve pesquisar casas à venda num site imobiliário na internet. Com doses equivalentes de humor, aventura e mistério, Sophie Hannah entretém o leitor e, ao mesmo tempo, o convida a uma instigante reflexão sobre relacionamentos familiares, profissionais e amorosos.  À Sombra de Uma Mentira - Alex Marwood  Poucas horas depois de se conhecerem, Jade e Bel, ambas com 11 anos, veem-se envolvidas na morte de uma garotinha e tachadas de assassinas. As duas meninas são enviadas a diferentes reformatórios, onde recebem novas identidades e são instruídas a nunca mais entrar em contato uma com a outra. Agora elas são Kirsty, uma respeitável jornalista freelancer de Londres, e Amber, gerente de um parque de diversões no sul da Inglaterra. Quando Amber encontra um corpo em uma das atrações do parque, a mídia fica em polvorosa, e Kirsty, enviada para cobrir os assassinatos, acaba cruzando o caminho de sua velha conhecida. Não demora muito para as duas se darem conta de o quanto sabem uma sobre a outra. Com medo de que seu passado seja descoberto e exposto pelo frenesi da imprensa, Kirsty e Amber lutam para manter o segredo a salvo.  Alerta Vermelho - Bill Browder  Bill Browder iniciou sua vida adulta como um rebelde de Wall Street cujos instintos o levaram para a Rússia logo após a queda da União Soviética. E foi ali que ele fez fortuna. Esta é a trajetória de um ativista por acidente. Ao longo do caminho, ele expôs casos chocantes de corrupção no país e por muito pouco não consegue escapar com vida. Seu advogado russo, Sergei Magnitsky, não teve tanta sorte assim: terminou na cadeia, onde foi torturado até a morte. Aquilo mudaria para sempre a vida de Bill Browder. Depois de entrar em contato com cerne assassino do regime de Vladimir Putin, ele passou os últimos anos em uma luta incansável para expor o que viu. Por causa disso, veio a se tornar o inimigo número um de Putin, principalmente depois de contribuir para a criação de uma lei nos Estados Unidos que puniria os russos envolvidos na morte de Sergei. A famosa retaliação de Putin abriu os olhos do mundo: o líder do Kremlin criou uma lei que proíbe americanos de adotar crianças russas.  Ao mesmo tempo uma aventura no mundo financeiro, um thriller criminal e uma cruzada com casos de polícia, Alerta vermelho é a história de um homem que foi contra todas as probabilidades em busca de mudar o mundo. E foi a partir daí que encontrou, mesmo sem esperar, um sentido para a sua vida.

Pensei que Fosse Verdade - Huntley Fitzpatrick

Um passado a ser esquecido. Um presente nada promissor. Um futuro a ser conquistado. A ilha de Seashell, onde passei minha vida inteira, é tudo isso e muito mais. No entanto, a única coisa que eu quero é ir embora daqui. Gwen Castle nunca quis tanto dizer adeus à sua ilha natal quanto agora: o verão em que o Maior Erro da Sua Vida, Cassidy Somers, aceita um emprego lá como faz-tudo. Ele é um garoto rico da cidade grande, e ela é filha de uma faxineira que trabalha para os veranistas da ilha. Gwen tem medo de que esse também venha a ser o seu destino, mas, justamente quando parece que ela nunca vai conseguir escapar do que aconteceu – ou da ilha –, o passado explode no presente, redefinindo os limites de sua vida. Emoções correm soltas e histórias secretas se desenrolam, enquanto Gwen passa um lindo e agitado verão lutando para conciliar o que pensou que fosse verdade – sobre o lugar onde vive, as pessoas que ama, e até ela mesma – com o que de fato é.

A Outra Casa (Spilling #6) - Sophie Hannah

Autora de A vítima perfeita, lançado pela Rocco na FLIP 2015, e escolhida pelos herdeiros de Agatha Christie para dar vida nova ao célebre detetive Hercule Poirot, a inglesa Sophie Hannah constrói, em A outra casa, uma trama sofisticada em que o suspense é apenas um dos elementos da narrativa. Na história, os detetives Simon Waterhouse e Charlie Zailer são obrigados a interromper sua lua de mel para atuar num caso sombrio envolvendo o casal Connie e Kit Bokskill e um corpo de mulher revelado em circunstâncias inusitadas, quando Connie resolve pesquisar casas à venda num site imobiliário na internet. Com doses equivalentes de humor, aventura e mistério, Sophie Hannah entretém o leitor e, ao mesmo tempo, o convida a uma instigante reflexão sobre relacionamentos familiares, profissionais e amorosos.

À Sombra de Uma Mentira - Alex Marwood

Poucas horas depois de se conhecerem, Jade e Bel, ambas com 11 anos, veem-se envolvidas na morte de uma garotinha e tachadas de assassinas. As duas meninas são enviadas a diferentes reformatórios, onde recebem novas identidades e são instruídas a nunca mais entrar em contato uma com a outra. Agora elas são Kirsty, uma respeitável jornalista freelancer de Londres, e Amber, gerente de um parque de diversões no sul da Inglaterra. Quando Amber encontra um corpo em uma das atrações do parque, a mídia fica em polvorosa, e Kirsty, enviada para cobrir os assassinatos, acaba cruzando o caminho de sua velha conhecida. Não demora muito para as duas se darem conta de o quanto sabem uma sobre a outra. Com medo de que seu passado seja descoberto e exposto pelo frenesi da imprensa, Kirsty e Amber lutam para manter o segredo a salvo.

Alerta Vermelho - Bill Browder

Bill Browder iniciou sua vida adulta como um rebelde de Wall Street cujos instintos o levaram para a Rússia logo após a queda da União Soviética. E foi ali que ele fez fortuna. Esta é a trajetória de um ativista por acidente. Ao longo do caminho, ele expôs casos chocantes de corrupção no país e por muito pouco não consegue escapar com vida. Seu advogado russo, Sergei Magnitsky, não teve tanta sorte assim: terminou na cadeia, onde foi torturado até a morte. Aquilo mudaria para sempre a vida de Bill Browder. Depois de entrar em contato com cerne assassino do regime de Vladimir Putin, ele passou os últimos anos em uma luta incansável para expor o que viu. Por causa disso, veio a se tornar o inimigo número um de Putin, principalmente depois de contribuir para a criação de uma lei nos Estados Unidos que puniria os russos envolvidos na morte de Sergei. A famosa retaliação de Putin abriu os olhos do mundo: o líder do Kremlin criou uma lei que proíbe americanos de adotar crianças russas.

Ao mesmo tempo uma aventura no mundo financeiro, um thriller criminal e uma cruzada com casos de polícia, Alerta vermelho é a história de um homem que foi contra todas as probabilidades em busca de mudar o mundo. E foi a partir daí que encontrou, mesmo sem esperar, um sentido para a sua vida.

Biblioteca de Almas (O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares #3) - Ransom Riggs  Biblioteca de Almas é o último volume da celebrada trilogia iniciada com O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares. Neste terceiro livro, depois de sofrer com a morte do avô, conhecer crianças com habilidades peculiares em uma fenda temporal e partir pelo mar em uma busca desesperada para curar a srta. Peregrine, Jacob vai finalmente enfrentar a inevitável conclusão dessa turbulenta jornada. Jacob descobre uma poderosa habilidade e não demora a explorá-la para resgatar os amigos peculiares e as ymbrynes da fortaleza dos acólitos. Junto com ele vai Emma Bloom, uma menina capaz de produzir fogo com as mãos, e Addison MacHenry, um cão com faro especial para encontrar crianças perdidas. Partindo da Londres dos dias atuais, o grupo vai percorrer as ruelas labirínticas do chamado Recanto do Demônio, uma complexa fenda temporal que abriga todo tipo de vícios e perversões. É ali que o destino de peculiares de toda parte será decidido de uma vez por todas. Tal como os volumes anteriores da série, Biblioteca de Almas une fantasia, aventura e sombrias fotografias de época para criar uma experiência de leitura única.  Baseado em fatos reais - Delphine de Vigan  Em uma obra em que o leitor é levado constantemente a questionar o que lhe é apresentado, Delphine de Vigan constrói um clima confessional, sombrio e opressivo para expor a obsessão do mercado editorial e do cinema pelas narrativas baseadas em fatos reais. A linha tênue entre verdade e mentira oscila para enriquecer uma poderosa reflexão sobre o fazer literário e questionar as fronteiras entre aparentes dicotomias, como real e ficção, razão e loucura, público e privado. Um livro brilhante, que joga com os códigos da autoficção e do thriller psicológico. Após o grande sucesso de seu último livro, em que revelava perturbadores segredos familiares, Delphine se vê diante da temível pergunta: o que vem depois de um texto tão pessoal, que comove tantos leitores? A inércia. O sucesso a fragiliza a tal ponto que a deixa completamente vulnerável. Ela não consegue mais escrever nem uma linha, nem sequer se sentar diante do computador ou segurar uma caneta. Está esgotada, e vive assombrada pela pressão da próxima obra.   Tomada pelo bloqueio criativo, o sentimento de impotência e isolamento permeiam constantemente sua vida: os filhos gêmeos, Louise e Paul, estão prestes a sair de casa para seguir o próprio caminho e ingressar na universidade. Além disso, seu namorado, François, é um famoso jornalista e apresentador de um programa de crítica literária e está sempre viajando para o exterior. A instabilidade emocional de Delphine ainda é agravada pelas cartas de teor bastante violento que recebe de um remetente anônimo, ameaçando-a por ter exposto publicamente sua família. Nesse cenário de fragilidade, Delphine conhece L., uma mulher sofisticada, confiante, feminina, carismática e atraente. Tudo o que ela sempre desejou ser. L. parece ter um passado misterioso, trabalha como ghost-writer, e entra de modo insidioso na vida da escritora, que vê na amizade uma forma de superar seu bloqueio criativo. L. é a amiga perfeita, sempre disponível, e logo passa a interferir nos aspectos mais íntimos da vida de Delphine. O domínio de uma sobre a outra é inesperado. A conexão entre elas parece... inacreditável.  Fábrica de Vespas - Iain M. Banks  Frank – um garoto de 16 anos bastante incomum – vive com seu pai em um vilarejo afastado, em uma ilha escocesa. A vida deles, para dizer o mínimo, não é nada convencional. A mãe de Frank os abandonou anos atrás; Eric, seu irmão mais velho, está confinado em um hospital psiquiátrico; e seu pai é um excêntrico sem tamanho. Para aliviar suas angústias e frustrações, Frank começa a praticar estranhos atos de violência, criando bizarros rituais diários onde encontra algum alívio e consolo. Suas únicas tentativas de contato com o mundo exterior são Jamie, seu amigo anão, com quem bebe no pub local, e os animais que persegue ao redor da ilha.  Abandonado à própria sorte para observar a natureza e inventar sua própria teologia – a maneira do Robinson Crusoé de Daniel Defoe –, Frank desconhece a escola e o serviço social, já que seu pai acredita na educação “natural”, recomendada pelo filósofo do século XVIII Jean-Jacques Rousseau e apresentada em seu romance Emílio, ou Da Educação (1762), que sugere que as crianças devem crescer entre as belezas da natureza, permitindo que elas se deleitem com a flora e a fauna. A natureza humana seria boa a princípio, mas corrompida pela civilização. Quando descobre que Eric fugiu do hospital, Frank tem que preparar o terreno para o inevitável retorno de seu irmão – um acontecimento que implode os mistérios do passado e vai mudar a vida de Frank por completo.  Alerta de risco - Neil Gaiman  É com palavras assim que Neil Gaiman apresenta Alerta de risco, uma rica coletânea de histórias de terror e de fantasmas, ficção científica e conto de fadas, fábula e poesia que exploram o poder da imaginação. Em “História de aventura”, Gaiman pondera sobre a morte e sobre como, ao morrer, as pessoas levam consigo suas histórias. No suspense “Caso de morte e mel”, ele nos presenteia com sua versão do mundo de Sherlock Holmes. Em “A Bela e a Adormecida”, duas conhecidas personagens de contos de fadas têm suas histórias entrelaçadas em uma releitura bastante original. “Hora nenhuma” é um conto muito especial sobre Doctor Who, escrita para o quinquagésimo aniversário da série de tevê, em 2013. E há também um conto escrito exclusivamente para esta coletânea: “Cão negro”, que revisita o mundo de Deuses americanos ao narrar um episódio que envolve Shadow Moon em um bar durante seu retorno aos Estados Unidos. Um escritor sofisticado cujo gênio criativo não tem paralelos, Gaiman hipnotiza com sua alquimia literária e nos transporta para as profundezas de uma terra desconhecida em que o fantástico se torna real e o cotidiano resplandece. Repleto de estranheza e terror, surpresa e diversão, Alerta de risco é um tesouro que conquista a mente e agita o coração do leitor.

Biblioteca de Almas (O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares #3) - Ransom Riggs

Biblioteca de Almas é o último volume da celebrada trilogia iniciada com O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares. Neste terceiro livro, depois de sofrer com a morte do avô, conhecer crianças com habilidades peculiares em uma fenda temporal e partir pelo mar em uma busca desesperada para curar a srta. Peregrine, Jacob vai finalmente enfrentar a inevitável conclusão dessa turbulenta jornada. Jacob descobre uma poderosa habilidade e não demora a explorá-la para resgatar os amigos peculiares e as ymbrynes da fortaleza dos acólitos. Junto com ele vai Emma Bloom, uma menina capaz de produzir fogo com as mãos, e Addison MacHenry, um cão com faro especial para encontrar crianças perdidas. Partindo da Londres dos dias atuais, o grupo vai percorrer as ruelas labirínticas do chamado Recanto do Demônio, uma complexa fenda temporal que abriga todo tipo de vícios e perversões. É ali que o destino de peculiares de toda parte será decidido de uma vez por todas. Tal como os volumes anteriores da série, Biblioteca de Almas une fantasia, aventura e sombrias fotografias de época para criar uma experiência de leitura única.

Baseado em fatos reais - Delphine de Vigan

Em uma obra em que o leitor é levado constantemente a questionar o que lhe é apresentado, Delphine de Vigan constrói um clima confessional, sombrio e opressivo para expor a obsessão do mercado editorial e do cinema pelas narrativas baseadas em fatos reais. A linha tênue entre verdade e mentira oscila para enriquecer uma poderosa reflexão sobre o fazer literário e questionar as fronteiras entre aparentes dicotomias, como real e ficção, razão e loucura, público e privado. Um livro brilhante, que joga com os códigos da autoficção e do thriller psicológico. Após o grande sucesso de seu último livro, em que revelava perturbadores segredos familiares, Delphine se vê diante da temível pergunta: o que vem depois de um texto tão pessoal, que comove tantos leitores? A inércia. O sucesso a fragiliza a tal ponto que a deixa completamente vulnerável. Ela não consegue mais escrever nem uma linha, nem sequer se sentar diante do computador ou segurar uma caneta. Está esgotada, e vive assombrada pela pressão da próxima obra.

Tomada pelo bloqueio criativo, o sentimento de impotência e isolamento permeiam constantemente sua vida: os filhos gêmeos, Louise e Paul, estão prestes a sair de casa para seguir o próprio caminho e ingressar na universidade. Além disso, seu namorado, François, é um famoso jornalista e apresentador de um programa de crítica literária e está sempre viajando para o exterior. A instabilidade emocional de Delphine ainda é agravada pelas cartas de teor bastante violento que recebe de um remetente anônimo, ameaçando-a por ter exposto publicamente sua família. Nesse cenário de fragilidade, Delphine conhece L., uma mulher sofisticada, confiante, feminina, carismática e atraente. Tudo o que ela sempre desejou ser. L. parece ter um passado misterioso, trabalha como ghost-writer, e entra de modo insidioso na vida da escritora, que vê na amizade uma forma de superar seu bloqueio criativo. L. é a amiga perfeita, sempre disponível, e logo passa a interferir nos aspectos mais íntimos da vida de Delphine. O domínio de uma sobre a outra é inesperado. A conexão entre elas parece... inacreditável.

Fábrica de Vespas - Iain M. Banks

Frank – um garoto de 16 anos bastante incomum – vive com seu pai em um vilarejo afastado, em uma ilha escocesa. A vida deles, para dizer o mínimo, não é nada convencional. A mãe de Frank os abandonou anos atrás; Eric, seu irmão mais velho, está confinado em um hospital psiquiátrico; e seu pai é um excêntrico sem tamanho. Para aliviar suas angústias e frustrações, Frank começa a praticar estranhos atos de violência, criando bizarros rituais diários onde encontra algum alívio e consolo. Suas únicas tentativas de contato com o mundo exterior são Jamie, seu amigo anão, com quem bebe no pub local, e os animais que persegue ao redor da ilha.

Abandonado à própria sorte para observar a natureza e inventar sua própria teologia – a maneira do Robinson Crusoé de Daniel Defoe –, Frank desconhece a escola e o serviço social, já que seu pai acredita na educação “natural”, recomendada pelo filósofo do século XVIII Jean-Jacques Rousseau e apresentada em seu romance Emílio, ou Da Educação (1762), que sugere que as crianças devem crescer entre as belezas da natureza, permitindo que elas se deleitem com a flora e a fauna. A natureza humana seria boa a princípio, mas corrompida pela civilização. Quando descobre que Eric fugiu do hospital, Frank tem que preparar o terreno para o inevitável retorno de seu irmão – um acontecimento que implode os mistérios do passado e vai mudar a vida de Frank por completo.

Alerta de risco - Neil Gaiman

É com palavras assim que Neil Gaiman apresenta Alerta de risco, uma rica coletânea de histórias de terror e de fantasmas, ficção científica e conto de fadas, fábula e poesia que exploram o poder da imaginação. Em “História de aventura”, Gaiman pondera sobre a morte e sobre como, ao morrer, as pessoas levam consigo suas histórias. No suspense “Caso de morte e mel”, ele nos presenteia com sua versão do mundo de Sherlock Holmes. Em “A Bela e a Adormecida”, duas conhecidas personagens de contos de fadas têm suas histórias entrelaçadas em uma releitura bastante original. “Hora nenhuma” é um conto muito especial sobre Doctor Who, escrita para o quinquagésimo aniversário da série de tevê, em 2013. E há também um conto escrito exclusivamente para esta coletânea: “Cão negro”, que revisita o mundo de Deuses americanos ao narrar um episódio que envolve Shadow Moon em um bar durante seu retorno aos Estados Unidos. Um escritor sofisticado cujo gênio criativo não tem paralelos, Gaiman hipnotiza com sua alquimia literária e nos transporta para as profundezas de uma terra desconhecida em que o fantástico se torna real e o cotidiano resplandece. Repleto de estranheza e terror, surpresa e diversão, Alerta de risco é um tesouro que conquista a mente e agita o coração do leitor.


Siga o blog e receba tudo em primeira mão. 
Me leve com você.

 FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER | CANAL